Domingo, 28.12.08

Apanhados (da cabeça)

Durante a maior parte do ano, a programação nos canais nacionais que transmitem em sinal aberto é uma grande porcaria. Nesta altura do ano, com o apanhado que fazem do melhor (cocó) que passaram durante o ano que está a acabar, consegue ser ainda pior. Se ver aqueles programas de merda é uma tortura, ter que ver repetições, mesmo que compactadas, é tão doloroso que devia ser proibido e dar direito a prisão.

publicado por brunomiguel às 21:55 | link do post | comentar
Quarta-feira, 17.09.08

Subtilezas

Sou só eu que vejo demasiadas semelhanças subtis entre o Momento da Verdade, da SIC, e o Fiel ou Infiel, da TVI?

O que eu gosto mais nesta palhaçada do programa da SIC não é o programa em si, porque eu não consigo ver aquele momento fecal televisivo. O que eu acho piada é chegarem ao ponto de fazer debates televisivos em torno daquela porcaria e as pessoas estarem em êxtase com o programa. Degradante!

Cada um vê o que quer e bem lhe apetece, mas estar a dar assim tanta importância a um programa degradante que se aproveita da degradação das pessoas não é bom sinal. Como disse ou escreveu (não sei bem) Kurt Vonnegut: «One of the few good things about modern times: If you die horribly on television, you will not have died in vain. You will have entertained us.».

Sexta-feira, 01.08.08

TVI continua a liderar na poluição televisiva

De acordo com uma notícia publicada no Jornal de Notícias, a TVI liderou as audiências durante o mês anterior, com 31.1% de share. A SIC continuou em segundo lugar com 26.7%, seguida da RTP1 com 21.7% e da RTP2 com 6.7%.

É verdade, continua a dar-se primazia à falta de qualidade dos programas televisivos, tal como acontece em tantas outras áreas - com na música, por exemplo. A TVI até dá exemplos disso em comunicado oficial à liderança do canal no último semestre: "Casos da vida", "Morangos com açúcar", "Feitiço de Amor", "Fascínios" e "A outra". De acordo com o canal, o seu sucesso deve-se em boa parte a... isto; à  putrefacção televisiva, desprovida de substância, que eles fazem questão de mostrar na caixa que revolucionou o século XX.

Como se não bastasse emitir conteúdos que se assemelham ao arrancar das unhas dos pés com um alicate e posterior regar dos dedos com ácido sulfúrico, este canal tem uma legião de seguidores e seguidoras que quase parece um culto. Eu pude testemunhar isso na primeira pessoa quando, à dois anos atrás, na passagem de ano, critiquei a TVI em frente a uma fã do canal e por pouco não fui agredido fisicamente. A minha crítica não foi nada de extraordinário; apenas disse que a programação do canal é muito má e fundamentei a minha opinião. Isso foi suficiente para ser agredido com o olhar e ter ficado no limiar da agressão física e verbal.

Eu não percebo porque raio as pessoas continuam a ver a TVI. O canal não tem ponta por onde se pegue. Até eu, quando ainda estudava e chegava a casa todo "alterado" do cérebro no final das noites de sexta e sábado e me sentava a ver televisão, não ficava a ver a TVI, por muito "alterado" que estivesse o meu cérebro.

publicado por brunomiguel às 10:36 | link do post | comentar | ver comentários (6)
Quarta-feira, 25.06.08

Televisão nacional?

tv nacional

Imagem roubada por esticão do Tux Vermelho.

publicado por brunomiguel às 10:39 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Segunda-feira, 02.07.07

Liberal Media - O humor incisivo dos Simpsons


Já repararam como a série The Simpsons aborda questões problemáticas, sempre de uma forma humorística e, ao mesmo tempo, incisiva?! Este pequeno vídeo reflecte um pouco a televisão portuguesa, mas sem os republicanos ou os partidos; nós cá temos os coitadinhos e a desgraça alheia a encher os noticiários. Pelo meio dos blocos informativos, lá vamos sendo presenteados com alguma informação, só para não parecer mal.
Concordam comigo ou partilham uma visão diferente?

do not feed the trolls

Outros blogs meus

pesquisar neste blog

 

posts recentes

arquivos

links