Sábado, 23.08.08

À noite, todos os gatos são pardos

Serão as horas extra uma solução para ajudar a combater a criminalidade, como o Sindicato da Polícia afirma? No caso de Coimbra, cidade que Marinho Pinto mencionou como exemplo de falta de polícias na rua durante a noite, não me parece que vá valer alguma coisa, porque o número de polícias na rua durante a noite vai continuar a ser muito pequeno.

Se querem melhorar o combate à criminalidade, comecem por dar melhores condições de trabalho às forças políciais. Ter que pagar a própria farda e usar armas com mais de uma década não cabe na cabeça a ninguém...

publicado por brunomiguel às 14:23 | link do post | comentar | ver comentários (5)
Sexta-feira, 08.08.08

Polícia suspensa por exigir café à borla no Starbucks

Na cidade de Chicago, uma polícia foi suspensa por ter entrado num Starbucks e exigido, aos berros, enquanto mostrava a sua arma e o crachá, café à borla. Esta situação terá ocorrido em cinco diferentes lojas do Starbucks, entre 2001 e 2004, e valeu à agente uma suspensão de 15 meses e acompanhamento psiquiátrico.

Talvez também não fosse má ideia proibir a agente de ver televisão. Parece-me que ela terá visto demasiados filmes e séries policiais americanas.

via Boing Boing e Sun Times

publicado por brunomiguel às 01:59 | link do post | comentar
Sexta-feira, 27.06.08

Onde pára a polícia?

«[...] você vai à baixa de Coimbra, à noite, e não vê um polícia na rua.» - Marinho Pinto, no Jornal da Noite da Sic.

Confirmo. A não ser nas imediações da esquadra da baixa, na rua Olímpio Nicolau Rui Fernandes, praticamente não se vê um polícia na rua. Podem ver um carro da polícia a passar, mas é muito raro.

publicado por brunomiguel às 22:26 | link do post | comentar
Quarta-feira, 25.06.08

Fácil, o caraças!

O exame de matemática não foi mais fácil este ano, apesar dos alunos o terem afirmado. O que aconteceu foi que, este ano, os alunos estiveram mais bem preparados. A própria Ministra da Educação garantiu isso hoje, na comissão parlamentar.

A culpa desta melhor preparação é do programa e-escolas, que, ao possibilitar a aquisição de portáteis a €150, fez com que o QI dos alunos subisse. Todos sabem que só o tocar num computador dá logo mais 25 ou 20 pontos de QI. Quando se usa um, então... Epa upa, é ver o QI subir por aí acima.

Maria de Lurdes Rodrigues também aproveitou para por no seu lugar os senhores da Sociedade Portuguesa de Matemática (SPM), que, como já deu para perceber, não pescam muito de contas. Se dominassem esta matéria, não diziam que os exames foram mais fáceis só porque o grau de exigência foi mais baixo. Isso é como dizer que costuma chover no Inverno só porque é normal isso acontecer. Maluqueira!

E eles que não se esqueçam que foram eles que fizeram a correcção dos erros e ambiguidades matemáticas das questões propostas pelo Gave para este exame. O facto dos especialistas do SPM que fizeram esta correcção estarem sujeitos a confidencialidade não é desculpa, porque a confidencialidade nunca esteve sujeita a grande segredo no Tuguistão.

Isto é tudo uma cabala - que, acompanhada com umas batatas assadas, dava um bom almoço. Já ninguém respeita o esforço feito para aparecer melhor colocado nas estatísticas europeias. Ingratos, pá!

Quarta-feira, 18.06.08

Chamem a polícia

Mais de dois meses depois, o meu irmão voltou a publicar um post no blog dele. Desta vez, é sobre dois episódios que envolvem respostas "inteligentes" das forças de autoridade - uma delas relatada por mim aqui, no ano passado.

O post, Polícias à portuguesa, pode e deve ser lido aqui.

publicado por brunomiguel às 00:37 | link do post | comentar | ver comentários (1)

do not feed the trolls

Outros blogs meus

pesquisar neste blog

 

posts recentes

arquivos

links