Quinta-feira, 30.10.08

Lancheira piramidal

Food pyramid lunch box

Seja para levar para o trabalho ou para educar os filhos acerca dos bons hábitos alimentares, convém ter esta lancheira em forma de pirâmide dos alimentos criada por Li Jianye.

via SwissMiss

publicado por brunomiguel às 20:28 | link do post | comentar
Segunda-feira, 02.07.07

Que Futuro para as Democracias?

Antes de falar do futuro da Democracia, primeiro é preciso saber o seu significado e se existem vários tipos ou subtipos de democracia. Fui consultar o meu Dicionário Universal da Língua Portuguesa, da Texto Editora, e o significado de Democracia é o seguinte:
Sistema político fundamentado no princípio de que a autoridade emana do povo (conjunto de cidadãos) e é exercida por ele ao investir o poder soberano através de eleições periódicas livres, e no princípio da distribuição equitativa do poder; país em que existe um governo democrático; governo da maioria; sociedade que garante a liberdade de associação e de expressão e na qual não existem distinções ou privilégios de classe hereditários ou arbitrários.

Então, a Democracia é o poder dado ao povo para escolher um ou mais governantes e garante a liberdade de associação ou expressão. Assim sendo, a Democracia não permite que se discrimine ninguém, nem que se insulte. Liberdade não quer dizer que se possa chamar cabrão a alguém, porque lá diz o ditado, “a liberdade de um acaba quando a do outro começa”. Então, a Democracia é, teoricamente, uma espécie de harmonia entre o poder, a liberdade e a igualdade.
E quanto aos tipos ou subtipos de Democracia? De acordo com a Wikipédia, existem dois: a Democracia Directa e a Democracia Indirecta. Na Democracia Directa o povo expressa a sua opinião em relação a todos os assuntos; na Democracia Indirecta, o sistema democrático do nosso país, o povo elege representantes para tomar as decisões e expressar a sua (povo) vontade. Uma aproximação destes dois, para mim, é o ideal. O povo elege representantes, mas não deixa de poder manifestar a sua opinião quando entende ser necessário.
Agora que ficou explicado o que é a Democracia, vou tentar fazer uma análise pragmática do futuro da mesma, inspirado pelo esquema de pirâmide do Mário Gamito sobre o tema.
Nós, enquanto seres humanos, sempre tivemos necessidade de poder e a História mostra isso mesmo; vejam-se as conquistas de Alexandre o Grande ou do Império Romano. Ao longo dos tempos sempre se viu uma pessoa ou um grupo de pessoas a mandar nos desígnios do povo. Mas o povo, enquanto não adquiriu conhecimento, permitiu isso. Por isso é que era impedido o acesso do povo ao ensino, com preços altos para tudo relacionado com a aprendizagem. De onde acham que apareceu a história do fruto proibido do jardim do Éden? Foi fruto da manipulação da religião e dos governantes. Quando o povo começou a ganhar conhecimento, as formas de governo mais autocratas começaram a desaparecer e a dar lugar a formas de governo mais justas, como a Democracia. O conhecimento é poder e o homem, desde o início dos tempos, que sabe isso.
A Democracia é uma forma de dar algum equilíbrio à balança do poder entre o povo já instruído e a minoria que sempre governou. Este equilíbrio, como é óbvio, não é assim tão grande, porque a minoria continua a dar a última palavra. Mas essa minoria só dá a última palavra graças à camada central do esquema de pirâmide do Mário Gamito, que, por enquanto, coabita com o topo da pirâmide sem grandes complicações (enquanto os propósitos de um servirem os propósitos do outro). No centro da pirâmide estão os meios de comunicação e uma nova camada social (uma pequena percentagem do povo, mas com instrução muito superior), que são como oleiros com barro na mão. Eles moldam as opiniões das pessoas a seu belo prazer, e nem aquela minoria que sempre dominou já os consegue controlar.
Todas as formas de governo duraram enquanto serviram o propósito da maioria dos interessados. Depois de perderem a sua utilidade, acabaram. A Democracia não é diferente. Enquanto servir o propósito da maioria dos interessados vai durar, a não ser que apareça algum megalómano entretanto.

do not feed the trolls

Outros blogs meus

pesquisar neste blog

 

posts recentes

arquivos

links