Terça-feira, 12.08.08

BSOD olímpico

Os Jogos Olímpicos de Pequim estão a bater alguns records não desportivos. O primeiro foi o do número de parceiros oficiais; o segundo é o de maior BSOD (Blue Screen of Death) do mundo.

Que isto sirva de lição para a China. Para a próxima, procurem qualidade, não vá um BSOD de 30x40m aparecer outra vez.

via Omnia sunt communia

publicado por brunomiguel às 01:43 | link do post | comentar | ver comentários (8)
Sexta-feira, 08.08.08

[Actualizado] A tradição ainda é o que era

Actualização: o site The Big Picture, parte do Boston.com, tem uma série de 24 fotografias da abertura dos Jogos Olímpicos de Pequim.

Bem, a cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Pequim foi brutal. O regime chinês esteve bem à altura da sua reputação de excelente executor de espectáculo.

Quinta-feira, 07.08.08

Cidade olímpica em Lego

Como a febre olímpica está ao rubro, vou aproveitar para vos mencionar, caros leitores e prezadas (e, espero bem, sexys) leitoras, um post do Luis Cajão sobre uma réplica em Lego da cidade olímpica. No post, o Luís descreve um pouco este projecto feito por chineses e acompanha o texto com diversas imagens. Vale a pena ler.

publicado por brunomiguel às 22:06 | link do post | comentar

Jogos Olímpicos começaram a bater recordes antes do seu início

Ainda nem tinham começado e os Jogos Olímpicos já batiam recordes. Nesta edição, um total de 63 empresas (um recorde) são patrocinadores ou parceiros oficiais e as receitas de publicidade relacionadas com os Jogos Olímpicos poderão chegar aos 6 mil milhões de dólares só na China (aparentemente, outro record).

A record 63 companies have become sponsors or partners of the Beijing
Olympics, and Olympics-related advertising in China alone could reach $4
billion to $6 billion this year, according to CSM, a Beijing marketing
research firm.


Toda esta avalanche de publicidade será visível às portas dos recintos olímpicos, porque felizmente o Comité Olímpico ainda não autoriza a exibição de publicidade dentro dos recintos. Mas não deixa de ser preocupante, como Robert Weissman, editor da Multinational Monitor, nota e explana de uma forma mais eloquente do que eu alguma vez conseguiria expor este tópico.

 

Besides celebrating sport, there is an official ideology of the
Olympics, called "Olympism." It aims to promote a pure blend of sport,
culture and education.

Sports, of course, remain at the center of the Olympics, but
commercialism has overwhelmed whatever other values the Olympics hope to
embody. The overwhelming cultural influence at the Olympics is now
commercial culture; and the overwhelming informational message is: buy,
buy, buy.


Vai ser interessante acompanhar esta edição dos Jogos Olímpicos na televisão, tanto pela curiosidade em saber se vou ser bombardeado com publicidade como pelas boas probabilidades que os atletas portugueses têm de conseguir o ouro em algumas modalidades.

publicado por brunomiguel às 19:27 | link do post | comentar

O mapa das medalhas olímpicas desde 1896

jogos olímpicos medalhas mapa
Clica na imagem para a veres em tamanho real

Os Jogos Olímpicos estão mesmo aí ao virar da esquina. Para aproveitar a onda, o jornal New York Times disponibilizou, no seu site, uma ferramenta em Flash que permite ver quais os países que ganharam medalhas nas várias edições dos Jogos Olímpicos desde 1896 e quantas eles ganharam.

Nesta ferramenta, os países são representados por uma circunferência cujo tamanho está relacionado com o número de medalhas arrecadadas em determinada edição dos Jogos Olímpicos, e a sua localização está de acordo com o mapa do mundo.

É pena que esta ferramenta esteja em Flash. Por causa disso, não a consigo utilizar. Mas o blog «Why Me?» tem um screenshot que me permite ver como esta aplicaçaõ em Flash é, screenshot esse que foi gamado de lá para ser usado aqui.

publicado por brunomiguel às 03:00 | link do post | comentar

do not feed the trolls

Outros blogs meus

pesquisar neste blog

 

posts recentes

arquivos

links