Café chique não é para mim

cafe
Eu gosto de beber o meu café no final do almoço e do jantar, e até me custa um pouco passar uma refeição sem o beber. Não digo que sou viciado em café, mas gosto de o beber, dá-me prazer. Mas há um café, raro e caro, que eu nunca beberia, e não era por causa do preço: o kopi iuwak. As sementes deste café são engolidas e depois defecadas por um mamífero das florestas da Indonésia e é isso, dizem os especialistas (que até chegam a fazer poesia sobre o aroma e o gosto singular dele), que lhe dá o sabor único. Porra, é quase beber merda...
Estes bichos andam de noite a snifar as florestas da Indonésia à procura de sementes de café, que depois engolem com todo o prazer (não, não vou mandar uma boca). Depois de engolidas, as sementes têm que aguentar com o ácido gástrico dos animais, que lhes retira parte da cafeína, para depois serem literalmente cagadas.
Diz-se que a família real britânica é apreciadora deste café e eu não me admirava nada; basta ver o príncipe Carlos e a Camila. Medo... Muito medo... Mas mesmo muito medo...
Eu não sou pessoa de gosto requintado, por isso fico-me pelo café "normal" e deixo o kopi iuwak para quem gosta dele saído do cu de um animal. Até já estou a ver o pessoal no café, para o empregado: "Oh, fá xabor. Queria um café cagado, mas curtinho, se não fico sem sono."

{Fontes de inspiração: Boing Boing && LA Times}
publicado por brunomiguel às 16:40 | link do post | comentar | ver comentários (2)