Sábado, 16.08.08

Desktop emprestado

desktop screenshot ubuntu
Clica na imagem para a veres em tamanho real

Este é um screenshot do meu desktop emprestado; aliás, do meu desktop cravado, porque tive que cravar o portátil ao meu irmão. Enquanto não arranjar uma board para o meu computador, terá que ser assim: à crava.

Para os interessados: os temas GTK e Metacity chamam-se Shiki-Colors; o pacote de ícones é o GNOME-Colors e o wallpaper é do Ubuntu Studio. Aquela coisa ali no canto superior direito, para quem não sabe, é o conky e o ficheiro de configuração que estou a usar pode ser descarregado aqui.

publicado por brunomiguel às 18:08 | link do post | comentar
Sexta-feira, 08.08.08

Mais um screenshot do meu desktop

kde 4.1 screenshot
Clica na imagem para a veres em tamanho real.

Como voltei outra vez a usar o KDE 4.1 como gestor de desktop principal (mais ou menos uma vez por semana, alterno entre o Gnome e o KDE), decidi pegar nesta dica do Miguel Guerreiro e adicionei um plasmoid com atalhos ao desktop. Isto é mais prático que adicionar os atalhos a um painel porque não me limita o número de atalhos que posso adicionar sem perder o espaço útil disponível.

Para quem estiver interessado, estou a usar o tema e os ícones padrão do KDE 4.1. Só o wallpaper é que não é o de origem; chama-se Ecstasy e pode ser encontrado no Deviantart.

publicado por brunomiguel às 13:48 | link do post | comentar | ver comentários (5)
Segunda-feira, 28.07.08

Tema para Gnome

gnome gtk murrine tema gnewsense
Clica na imagem para veres em tamanho real

Desde que comecei a usar o gNewSense que decidi dar uma ajuda a este projecto, dentro das minhas possibilidades. Por isso, comecei a dar uma pequena ajuda à artwork-team, o grupo de voluntários que trata do aspecto gráfico da distribuição.

Como a paciência não costuma ser muita, não tenho conseguido ajudar tanto quanto desejaria. Mas hoje, quando recebi um mail da lista da artwork-team do gNewSense sobre uma hack ao tema da distribuição, resolvi pegar nessa hack e pô-la como acho que ela deve ser.

Ainda não está acabado, nem nada que se pareça, porque a paciência anda no limiar do zero, mas já é uma mostra do que poderá vir a ser. Aceito sugestões para melhorar este tema GTK que utiliza o motor Murrine. Se quiserem, podem descarregar o tema aqui.

publicado por brunomiguel às 13:43 | link do post | comentar | ver comentários (5)
Quarta-feira, 16.07.08

Projecto GNU/Irmão

Como as coisas mudam. Andei tanto tempo a tentar convencer o meu irmão a instalar uma distribuição de GNU/Linux e ele nunca quis; dizia que queria jogar e o Fifa e outros jogos não correm neste sistema operativo. Eu fartava-me de lhe dizer que ele podia ter um dual-boot, mas nem assim.

Até que, ontem, o processador dele começa a trabalhar incessantemente sem razão aparente. Ele pediu-me um anti-spyware e eu levei-lhe o CD do Ubuntu, o único CD que tinha gravado. Ele não quis e lá tive que lhe procurar uma aplicação para ele correr. Saquei um anti-spyware qualquer do baixaki.com.br - acho que foi o SpyBot -, ele instalou-o, executou-o e, sempre que se fazia um scan, o programa detectava algumas coisas habituais de Windows.

Achámos estranho a aplicação estar sempre a detectar ficheiros maliciosos. Então, ele abriu o gestor de processos e vimos um IEXPLORE.EXE e mais uns processos com uns nomes esquisitos como o raio (Q3Fcyu9xv.exe e outros do género). Isto confirmou que era infecção de uma merda qualquer - e quem diz uma, diz duas ou mais. Desanimado por ter que voltar a instalar o Windows, ele pediu-me o CD do Ubuntu para experimentar aquilo numa sessão live.

O Ubuntu ainda demorou uns 5 minutos a iniciar sessão, mas ele não stressou porque estava admirado com a possibilidade de poder usar o sistema directamente a partir do CD. Depois da sessão iniciada, disse-lhe onde estava o Firefox e o cliente de mensagens instantâneas, Pidgin. Assim que ele correu o Pidgin e viu que as janelas de conversação estão organizadas tabs, pediu-me para instalar o Ubuntu. Só isso bastou.

Eu fiquei com um sorriso de orelha a orelha e iniciei a instalação. Mas, de repente, ele diz que vai reinstalar primeiro o Windows por causa de alguns jogos. Demorámos quase uma hora a instalar o Windows e, assim que acabou, reiniciou-se o portátil e instalámos o Ubuntu. Depois do Ubuntu instalado, rendeu-se às áreas de trabalho virtuais e já anda a explorar o sistema.

Ele não é nenhum geek, novo ou velho, e já se está a orientar bastante bem com o desktop - eu diria mesmo que ele já está à vontade com o Gnome. Talvez aquilo não seja tão complicado como algumas pessoas dizem, porque a ele bastou-lhe olhar para o que aparece no ecrã para saber o que cada coisa do desktop faz.

Domingo, 06.07.08

Garmin disponibiliza código-fonte de alguns dos seus dispositivo GPS

A fabricante de dispositivos GPS, Garmin, disponibilizou o código-fonte do software livre usado nas séries Nuvi 8xx e Nuvi 5xxx dos seus produtos. Entre o software livre usado nestes gadgets, estão o Linux, Busybox, Gnome, Alsa, xserver-kdrive-common e o gestor de janelas Matchbox.

Informação detalhada sobre o software livre usado nestes dispositivos GPS e os modelos está disponível no site Linux Devices.
 

publicado por brunomiguel às 14:25 | link do post | comentar

do not feed the trolls

Outros blogs meus

pesquisar neste blog

 

posts recentes

arquivos

links