Uma acção que não se vê todos os dias

O eurodeputado português Rui Tavares anunciou hoje o lançamento de bolsas de estudo que cobrem várias áreas profissionais, financiadas com 1.500 euros mensais a partir dos seus próprios rendimentos.

“Independentemente de achar que deve haver uma política pública para as bolsas de estudo acho que não faz mal que os indivíduos também possam participar (…) Eu, apesar de o salário de eurodeputado não ser essa coisa tão grande quanto se diz, posso fazê-lo agora", afirmou o deputado eleito pelo Bloco de Esquerda.

O resto do artigo pode e deve ser lido no site d'O Público. via @paulasimoes

publicado por brunomiguel às 18:29 | link do post | comentar