Hop hop, distro-hopping

Bem, acho que vou voltar ao distro-hopping (saltar de distribuição em distribuição). Aliás, agora que penso nisso, acho que já o voltei a fazer.

Durante vários meses, tive o Kubuntu instalado e estava bem. Entretanto, por mera curiosidade, instalei o Fedora 12 com o KDE, mas eventualmente voltei ao Kubuntu com os backports activos. Claro que não parei por aqui: o KDESC disponível nos backports desta distribuição começou a ficar muito instável a partir da versão 4.4.2 e então decidi voltar ao Gnome.

Em vez de uma instalação nova, removi apenas os pacotes do KDE e instalei o meta package ubuntu-desktop. Adeus KDESC, olá Gnome. E tudo tem corrido bem desde essa altura. Só que, dada a minha actual situação de desemprego, vejo-me confrontado com demasiado tempo livre, e como tal ando a pensar em ocupar este tempo com testes a diferentes distribuições de GNU/Linux baseadas em Ubuntu ou Debian.

A que estou a considerar em primeiro lugar é o Debian - só não me decidi se Debian Testing ou Unstable. A segunda é o Crunchbag 10 Alpha, que deixou de ser baseado em Ubuntu para o ser em Debian Testing. A terceira é o Mint, baseado na minha actual distribuição.

Outra forma que tenho de ocupar o tempo é a procurar um cliente de email que consiga lidar tão bem com pastas IMAP com muito conteúdo como o Kmail. Já experimentei o Evolution, mas é muito lento quando tem que aceder a uma pasta, através de IMAP, com vários gigas. Outro, e o que estou a usar de momento, é o Thunderbird 3 que, apesar de mais rápido que o Evolution, fica aquém do Kmail.

É com isto e com a procura de emprego que tenho ocupado o meu tempo. Bah!, estar desempregado não dá com nada.

publicado por brunomiguel às 18:22 | link do post | comentar