Send and Destroy

Este título engana. À primeira vista parece o nome de uma banda de metal, libertação de uma país da "ditadura" ou de algum filme de acção de segunda categoria, mas é sobre emails que se "auto-destroem" ao fim de algum tempo. Mas não vou perder a oportunidade para meter um sonoro dark-death-sunflower-666-satan-pain-floribella-sun-war-jesuschrist-happytreefriends metal, para dar ambiente ao post.



E se pudessem enviar um email que se auto-destrói ou fica ilegível ao fim de x tempo? Era óptimo para reclamar com o patrão, por causa do baixo salário, sem ele ficar com provas da mensagem. Talvez até para o vizinho que tem sempre o rádio a passar música pimba aos berros. Ou mesmo para pregar uma partida a um amigo. Teria piada?! Claro que teria!
Para algumas das situações descritas acima, ou mesmo para outras, o site Tech[dot]Blog fez uma lista de 10 serviços de email auto-destrutivos, para vosso belo deleite ou para evitar passar vergonha por causa de um email enviado num momento mais tempestuoso.

{Fonte: Lifehacker}
publicado por brunomiguel às 22:40 | link do post | comentar