Ninguém ama a tempo inteiro

E todos nós que temos alguma experiência amorosa sabemos também que o amor se transforma rapidamente em ódio. E este é um dos pontos que mais me fascina. Como é possível que amantes que outrora partilharam uma proximidade que sentiram como mística, perdidos em carinho, paixão e noites a fazer amor, acabam por mais tarde ter apenas vazio e ressentimento entre si.


Ninguém ama a tempo inteiro

 

publicado por brunomiguel às 20:02 | link do post | comentar