Os portugueses são maus clientes

Eu sei que consigo ter, por vezes, um feitio tramado e até gosto de reclamar mas, caramba, que raio é isto de deixarem as coisas espalhadas pela loja? A sério, no local onde trabalho, alguns clientes conseguem deixar uma coisa que está numa ponta da loja na ponta oposta; e até parecem gostar de o fazer com as coisas mais pequenas e cujo local é mais difícil de encontrar. Se isto é mau durante a semana, imaginem ao fim-de-semana - os dias em que temos mais movimento. Terão os clientes prazer nisto?

Pior é quando passam por nós (staff da loja) e, de repente, se lembram de vir falar connosco e começam a fazer perguntas a torto e a direito, para no final dizerem "estamos apenas a ver". Eh pá, se estão a ver, porque raio me fazem perder meia-hora ou mais para porcaria nenhuma? Se têm uma dúvida, perguntem; mas se só estão a falar por falar, não incomodem!

E quando estamos para subir para um escadote, vemos um cliente a aproximar-se, fazemos uma pequena pausa para ver se o cliente nos aborda e retomamos a subida porque ele não fala connosco, mas vem logo perguntar qualquer coisa quando estamos em cima do dito cujo (escadote)? Acontece uma série de vezes por dia. As pessoas são assim tão tolinhas que têm que esperar que subamos para um escadote para falar connosco? Quando estamos no chão o atendimento até é mais rápido porque não é preciso estar a descer (e não estamos com vontade de esganar o cliente por ele ter esperado que subíssemos)...

Este tipo de coisas faz-me uma espécie. Já não basta o trabalho ser extenuante, ainda tenho que gramar com estas e outras situações meio para o irritantes. Se acontecessem uma vez por outra era na boa, mas é diariamente o mesmo.

É agora que vejo que o meu irmão tinha toda a razão quando me dizia, na altura em que esteve a trabalhar num restaurante, que os portugueses eram os piores clientes que tinha: mal educados, estúpidos, alarves e chatos. Eu corroboro isto tudo. Todos os dias atendo pessoas assim. Vale-me que também aparecem muitos clientes porreiros.

Sempre tive algum cuidado enquanto cliente, mas agora que estou do "outro lado" mais tenho quando vou a uma loja, seja ela qual for. O trabalho de um assistente de loja é muito lixado.

publicado por brunomiguel às 23:06 | link do post | comentar