Nunca trafiques droga enquanto cortas o cabelo

A quarta-feira passada era apenas mais um dia normal na vida de Marcus T. Bailey, um afro-americano de 25 anos (curiosamente, a minha idade) que tinha como ocupação laboral o tráfico de droga. Mas, nesse dia, ele decidiu ir ao barbeiro tratar do seu look. Dealer que é dealer tem que ter um penteado a condizer com o estatuto.

Entretanto, teve que se ausentar para tratar do seu negócio e acabou apanhado na posse de droga pela polícia. Foi imediatamente levado para a esquadra, onde tirou uma bela foto com o seu penteado por acabar - fashion, dirão alguns; assustador, dirão outros.

A sorte dele é que lho cortam na prisão - se for dado como culpado em tribunal, claro. Se não, parece-me que o mais certo é ele tornar-se a namorada de algum companheiro da prisão. Ou então torna-se um correio na prisão, porque o cabelo que lhe resta ainda dá para esconder muita coisa (no Brasil, mandava uma série de pombos correio para o desemprego).

{via Neatorama}

publicado por brunomiguel às 03:32 | link do post | comentar