Eu e a Qi à aventura no Porto

Eu e a Qi à aventura no Porto

Num belo dia de chuva, eu e a Qi partimos rumo ao Porto, por volta das 07:45. Motivo: tratar de uns assuntos da Qi. Chegámos duas horas depois, sem antes termos trocado de comboio em Aveiro, mas só ao início da tarde é que ela pôde tratar das coisas dela.

Durante o tempo de espera demos uma volta a pé pela zona, comemos umas sandes e bebemos sumo sentados nuns bancos de rua molhados.Tínhamos umas sacas de plástico debaixo do rabo para não molhar as calças, o que tornou a situação um pouco ou quanto caricata. E, naquele espaço de tempo, vimos uma quantidade anormal de pessoas a passear cães na rua. Ainda fomos a um café tão parado que parecia um lar de terceira idade e, para matar a espera, acabámos por ir também uma pastelaria que tinha uns bolos relativamente baratos.

O resultado da viagem foi um pequeno reconhecimento do Porto, umas viagens no metro da cidade, o retorno a um comboio mais de 7 anos depois e uma mão cheia de fotos, três das quais ficam aqui para memória futura. Ah, e um dia fantástico com a Qi, mas isso é constatar o óbvio.

publicado por brunomiguel às 22:52 | link do post