Fundamentalismo tecnológico

Eu juro que me assusta o culto do Steve Jobs que os fanáticos da Apple fazem. É o primeiro sinal de demência. Até um peido que ele dá é motivo para notícia.

Quantas destas pessoas mentalmente instáveis não terão chorado e/ou entrado em depressão ou num estado depressivo quando souberam que o tipo estava de baixa? Eu cheguei a ver blogs onde o ou os autores meteram imagens a desejar as melhoras ao tipo, ou a lamentarem-se que nem madalenas pela baixa médica dele.

(não, não guardei links. não contava vir a precisar delas)

Não tenho intenção de generalizar isto, mas porra, assusta-me. Quando há alguma cena sobre a Apple, a blogosfera e a microblogosfera assemelham-se a um hospício. E com o ubuntu é a mesma coisa.

Porque raio é que temos a mania de ter que seguir alguém, como se fossemos cães atrás do dono? Eu admiro a consistência do Stallman em relação ao software livre e a sua dedicação à causa, mas não faço vénia ao tipo. Eu nem sequer o conheço!

Como é que se pode adorar alguém que não se conhece? Confiança cega é pura estupidez. «Luke, use 'tha' brain»

nota: o título foi uma sugestão do Miguel Caetano, a quem eu deixo os meus agradecimentos.

publicado por brunomiguel às 15:03 | link do post | comentar