«Are you feeling lucky, punk?»

Se não estiveres, então é provável que a ansiedade te esteja a turvar a capacidade de te aperceberes do inesperado. E isso, meu caro ou minha cara, é o que te faz queixar da sorte ou falta dela. Pelo menos é o que afirma Richard Wiseman, professor da Universidade de Hertfordshire, que estudou aquilo a que nós chamamos sorte e azar.

Se acharem que o que Richard Wiseman afirma é mentira e que a sorte e o azar são coisas espirituais e assim, vão reclamar com ele. Eu sou só o mensageiro e no mensageiro não se bate.

via Neatorama

publicado por brunomiguel às 00:40 | link do post | comentar