Queimem a educação!

Um bispo inglês, Patrick O'Donoghue, afirmou que as pessoas com formação académica são «hedonistas», «egoístas» e «egocêntricas». Para ele, «educação em massa levou causou uma doença na Igreja e na Sociedade».

O sr. bispo deve ter saudades da idade das trevas, quando o povo era ainda mais estúpido e burro do que é agora, tornando-se assim bem mais fácil de controlar e explorar. Com o conhecimento passado ao cidadão comum, as coisas já não são tão fáceis para a igreja. Isto leva a que as pessoas comecem a abrir um pouco os olhos e a mandar à fava estes ditadores de meia tigela.

Outra reacção não seria de esperar nestes viciados no poder de controlar a vida das pessoas. Ela não é diferente da forma que um carocho reage quando tenta deixar o cavalo ou precisa de um kick para aliviar aquela comichão chata que lhe dá passadas umas horas da última "coçadela".

Bem, ao menos ele não tentou lançar uma campanha contra a educação. As escolas e universidades, pelo menos por agora, vão continuar de pé.

via Portal Ateu

publicado por brunomiguel às 17:41 | link do post