Médico romeno que amputou, por engano, orgãos genitais de paciente, foi condenado

Em 2004, um médico romeno amputou, por engano, os orgãos genitais de um paciente. Em tribunal, afirmou que sofreu um acidente vascular cerebral durante a cirurgia e que a amputação dos genitais do paciente se deve a isso. Isso acabou por não lhe valer de nada, porque acabou por ficar sem a licença para exercer a profissão, e ainda vai ter que pagar uma multa de meio milhão de euros e ter que passar um ano na prisão.

Não contesto que ele possa, de facto, ter sofrido um acidente vascular cerebral durante a operação. Mas diz-me a experiência que quem sofre um avc não vai conseguir, sequer, fazer um corte. O meu pai já teve um avc e ele não conseguia fazer nada a não ser gritar com dores. Se calhar este médico teve um ligeiro e ainda conseguia fazer alguma coisa, mesmo que fosse retirar o abono de familia a um paciente.

via RTP

publicado por brunomiguel às 15:15 | link do post | comentar