Código transformado em arte

Keith Peters

Os tempos mudam, a tecnologia evolui. Hoje em dia, os computadores já não são meros instrumentos para aceder a pornografia; arte (não erótica ou pornográfica) também pode ser produzida por/com eles. Keith Peters faz isso quando começa a bater código no Flash (ele bem que podia ter escolhido uma aplicação livre) da Adobe para gerar animações aleatórias, que depois grava em imagem quando tira screenshots.

publicado por brunomiguel às 03:14 | link do post | comentar