O meu truque para uma melhor gestão e leitura das subscrições

Longe vão os dias em que, enquanto dormia, ficava perto de 500/600 ítens, quando não eram mais, para ler no meu leitor de feeds. Perto de metade deste número estava concentrado num pequeno número de subscrições, que não seriam mais de 20 - se é que eram tantas. Entretanto, removi algumas subscrições a que raramente prestava atenção ou onde me apareciam vários itens repetidos de outras subscrições. Resultado: menos itens não lidos.

O número de itens para ler diminuiu, o que foi bastante bom. Só que algumas das subscrições que ainda mantinha eram actualizadas com muita frequência ao longo do dia; tinha menos para ler a determinada altura, mas quando acabava de ler boa parte daquilo, já tinha outros tantos itens para ler. Isto trazia um bocado de stress à leitura., porque eu tenho aquela ânsia de querer ler tudo quando aparece (sim, sou um pouco impaciente).

Então decidi dar uma nova revisão às subscrições, mas desta vez ia remover tudo o que eu raramente lia e/ou que não me despertava grande interesse. Acabei por remover algumas subscrições e adicionar outras. No final, acabei com menos subscrições e menos itens não lidos, mas o stress da leitura continuava, ainda que em menor escala.

Estas limpezas às feeds começaram a ser feitas no Google Reader, enquanto o utilizei, e depois no Liferea, aplicação que usava até à uma semana atrás. Entretanto, deixei o Liferea porque tinha que limpar a base de dados da aplicação todos os meses, caso contrário o programa começava a ficar um bocado lento. Agora, uso o Akregator e foi com esta aplicação que implementei uma medida que me ajudou a resolver boa parte do stress da leitura das feeds: removi a actualização automática. Em vez da aplicação procurar novos itens de x em x tempo, eu é que a actualizo quando quero. Assim tenho tempo para ler tudo com calma.

publicado por brunomiguel às 19:21 | link do post | comentar