[Actualizado] Gadgets proibidos de entrar nos EUA

Actualização: Aparentemente, não são só gadgets que podem ser confiscados sem qualquer razão. Livros, cadernos e qualquer outro ítem capaz de armazenar informação, analógica ou digitalmente, é um alvo e poderá ser confiscado indefinidamente.
Podem ler um artigo sobre esta violação da privacidade e paranóia de um regime quase ditatorial no Washington Post.

Se, por algum motivo, tiverem que se deslocar aos EUA, não levem nenhum gadget porque há o risco do Departamento de Segurança Interna (Homeland Security) ficar com ele em nome da "prevenção" de ataques terroristas. Não serão só portáteis, mas tudo o que tiver circuitos, e não é preciso haver motivos para ele serem apreendidos. E o pior é que os agentes do regime ditatorial americano podem fazer o que quiserem com a informação retirada dos gadgets apreendidos.

Isto não vos lembra algumas coisas que o regime chinês costuma fazer?

via Sapo Tek

publicado por brunomiguel às 19:58 | link do post | comentar