Festas populares, marchas populares, carnaval e festividades religiosas - uma visão humorística, ou

Alguns de vocês já devem saber que eu não vou muito à bola com as festas populares, especialmente aquelas onde só passam música pimba (para aí 98% delas). Faz-me uma confusão do caraças ouvir Nelo Monteiro e Quim Barreiros sem estar bêbedo. Tenho todo o respeito por estes artistas e pelo seu trabalho, mas aquilo não me entra no ouvido quando estou sóbrio; não entra...
Mas pior que as festas populares, só mesmo as marchas populares. Isso é que nem que me pagassem! Mas que raio de roupas e música são aquelas? Pronto, tudo bem que são tradições, mas o direito da pernada também já o foi e os sacrifícios humanos também.
Moving on... Isto vai parecer quase irreal, mas ainda há uma coisa pior que as marchas populares: o carnaval abrasileirado de Portugal. Mas que raio de mania é esta de fazer um carnaval brasileiro em Portugal? Se é brasileiro, é para ficar no Brasil. Eu confesso que nem desagrada de todo o carnaval brasileiro, porque gosto de ver algumas gajas, só com aquelas fatiotas que mal tapam os mamilos, a abanar o belo do rabo, mas acho que a versão portuguesa do carnaval brasileiro fez perder todo o sentido do ritual, que são os bacanais. Yah, no Brasil é só sexo durante os carnavais, mas e em Portugal? No nosso país, como sempre, só se adoptou parte da tradição; a parte do bacanal perdeu-se no caminho, talvez extraviada no aeroporto. Espero que o conceito da flexigurança também não perca partes do conceito pelo caminho.
E nem me vou por a falar das festividades religiosas. Não vou porque elas dão um jeito dos diabos. Se não fossem elas, tínhamos mais dias de trabalho.



Nota: Este post é apenas uma visão humorística dos assuntos abordados. É verdade que não gosto das festas e das marchas populares, nem dos carnavais, e muito menos das festividades religiosas, mas isso não quer dizer que o post seja um reflexo da minha real opinião. Este post é só para tentar trazer um pouco de humor ao blog, porque estar sempre a falar das últimas da Microsoft começa a perder a piada :P