Não, Artur Albarran, o mundo não é pequeno: é louco

O mundo anda louco. Não é que um cidadão britânico de 64 anos, farto da porcaria que os jovens vândalos andavam a fazer em frente ao seu prédio, tirou fotos dos actos de vandalismo, para que se fizesse algo para por cobro à questão, e acabou com a polícia a dizer-lhe que se arrisca a ser acusado por ter fotografado os jovens?!
Podem ler uma notícia sobre esta situação absurda no site do jornal Daily Mail.

via Boing Boing

publicado por brunomiguel às 18:49 | link do post | comentar