Conversão de partição

Hoje, finalmente fiz aquilo que era para ter começado a fazer há muito tempo: formatar as partições que ainda estão em NTFS (reminiscências de outros tempos) para um sistema de ficheiros com suporte nativo no Linux.

A primeira de duas já está. O sistema de ficheiros escolhido para ela foi o JFS, porque me parece ser o que tem melhor relação entre velocidade de acesso e redundância. Ainda ponderei o XFS e o ReiserFS, sugerido por vários membros do Planet Geek e Planetuga - a quem eu agradeço as sugestões -, mas ao longo da tarde foi lendo informação sobre os sistemas de ficheiros e acabei mesmo por escolher o JFS pela razão acima mencionada.

As opções que estou a usar no fstab para o mount da partição em JFS são: relatime,rw,nodev,nosuid,noexec,users. Se tiverem alguma sugestão, estejam à vontade para a deixar nos comentários.

Agora que esta já está, falta a outra. Ou melhor, falta o segundo disco. E falta-me também espaço para fazer backup dos dados dele, para poder alterar o sistema de ficheiros. Não me querem oferecer um disco?

publicado por brunomiguel às 17:35 | link do post | comentar