Paga o justo pelo caloteiro

Ontem, deixaram aqui um comentário a falar de uma medida que a EDP quer implantar e que consiste em repartir as dívidas dos maus pagadores pelos clientes que pagam a tempo e horas. O facto de só ter ouvido uma menção muito breve sobre este assunto levou-me a aguardar mais informações e a nem acreditar muito nisso, tal é o ridículo da coisa.
Mas agora, após ver uma reportagem da RTP sobre este assunto, pergunto porque raio me querem por a pagar dívidas que não são minhas? O representante da Deco entrevistado diz que isto poderá trazer mais transparência; mas, para mim, vai é servir para tentar diminuir os prejuízos causados pelas faltas de pagamento, às custas de quem paga a tempo e horas.
Se as pessoas não pagam, vão "atrás" deles; não tentem obrigar quem paga a tempo e horas a pagar as contas dos outros em falta. Ou então, se querem por alguém a pagar, descontem o dinheiro em falta dos ordenados daqueles senhores que falam muito na Assembleia da República - eles têm bem mais dinheiro que eu, por isso é-lhes mais fácil pagar as dívidas que outros fizeram.

Se, por acaso, tiverem a infeliz ideia de aprovar esta medida, eu ainda deixo de pagar a minha factura à EDP para que uma qualquer pessoa a pague por mim.

publicado por brunomiguel às 14:24 | link do post | comentar