A época do protesto

Depois dos camionistas, seguem-se os rebocadores, bombeiros e taxistas. Só faltam as prostitutas da borda da estrada também fazerem greve, porque o elevado preço do combustível faz com que os seus clientes tenham menos dinheiro para requisitar os seus serviços.
Não digo que não há razão nas reivindicações, mas há que ter calma e um pouco de bom senso, porque isso nunca fez mal a ninguém. Se todos exigirmos benesses e excepções, só vamos piorar a situação.
Em vez de cada um "puxar a brasa à sua sardinha", era melhor haver união para tentar ultrapassar esta fase menos boa que afecta o país e o mundo. Não se esqueçam que olhar para os diversos "lados" da questão produz melhores resultados que ver apenas naquilo que só a nós dá jeito.

Já dizia o D'Artagnan: «Um por todos e todos por um».

publicado por brunomiguel às 16:00 | link do post | comentar