Vencedor escolhido antes da partida?

O governo abriu um concurso público para aquisição de software e hardware para a administração pública. Nada de anormal, porque o harware tem que ser renovado de tempos a tempos. O que é estranho - e não sei até que ponto não terá uma legalidade dúbia - é a obrigatoriedade dos computadores terem o Windows Vista Business.
Sou só eu ou este concurso arrancou já com um dos vencedores definido? E isto não irá contra algumas leis de competitividade e concorrência? E já de agora, como é que querem que o país vá para a frente quando escolhem software de qualidade duvidosa para a administração pública? Querem atrasar ainda mais as coisas?

Mais info no Software Livre no Sapo.

publicado por brunomiguel às 00:28 | link do post