Haverá visão para seguir a recomendação da UE?

Com a União Europeia a recomendar o uso de software e formatos livres por parte dos governos europeus, terá o executivo português inteligência para adoptar esta "medida europeia"?