Vão lá curar essa febre, porque já estão a delirar

Ainda agora começou a febre do Euro e eu já estou farto das "notícias" da selecção até à ponta dos cabelos. A maioria delas não tem ponta por onde se pegue: são apenas alusões ao que se fez nos treinos ou a quantas pessoas estavam nos arredores do centro de estágio. E quase todas elas, dê lá por onde der, têm que ter uma alusão ao Cristiano Ronaldo.

Isto chegou a tal ponto, que a contratação do novo treinador do Benfica, um assunto que normalmente teria - na minha opinião, erradamente - muita atenção por parte dos media, não teve grande destaque.

Com certeza que estão a acontecer coisas por esse mundo fora que valem a pena ser noticiadas e denunciadas. Vão à procura delas e passem informação a sério aos leitores, ouvintes e/ou telespectadores. E mencionem a selecção nacional de futebol apenas quando houver realmente algo para dizer. Se é para dizer ou escrever palavras ocas, mais vale estarem quietos; as pessoas com dois dedos de testa agradecem.

 

Os media estão com quarenta graus de febre e os portugueses com cinquenta.

publicado por brunomiguel às 01:06 | link do post | comentar