Senado americano pede contas aos barões do petróleo

petróleoOs barões do petróleo americanos foram ontem questionados pelo Comité Judicial do Senado norte-americano sobre a escalada de preços do barril de petróleo. Perante vários senadores, a maioria deles democratas, afirmaram que os preços se devem apenas à lei da oferta e à criação de capacidade para investimentos futuros.
Esta é a segunda vez que os barões do petróleo americanos respondem perante o Comité Judicial do Senado norte-americano. A primeira foi em Abril, altura em que o preço do barril de petróleo rondava os 98 dólares.
Com o barril de petróleo actualmente acima dos 135 dólares, os senadores não gostaram das respostas dos CEOs da Chevron, Shell, ConocoPhillips, BP America e Exxon, e exigiram a redução do preço do barril de petróleo. John Hofmeister, presidente da Shell, afirmou que a sua empresa teria lucro se o preço do barril estivesse entre os 35 e 64 dólares.

via Newser.com, Newser.com e Público.pt

Nota: a imagem deste post, "After the oil is gone", é da autoria de "identity chris is" e foi disponibilizada sob uma licença Creative Commons 2.0.

publicado por brunomiguel às 14:15 | link do post | comentar