FBI à caça de terroristas em grupos vegetarianos

vegetaisNa sua infindável luta contra o terrorismo, o FBI (Federal Bureau of Investigation) está a tentar infiltrar pessoas em grupos vegetarianos de Minneapolis, local onde vai decorrer a Convenção Nacional Republicana deste ano.
O objectivo dos infiltrados seria entrar dentro dos círculos vegetarianos, através da participação em protestos e outras acções que o FBI considera serem comuns nas pessoas que comem couves.
Depois de entrar, os infiltrados teriam que reportar à unidade anti-terrorismo do FBI.

A grande piada disto não está no facto do FBI ter medo que os vegetarianos convençam os republicanos a ter uma alimentação saudável; longe disso. O cómico está no facto dos vegetarianos fazerem parte da definição de grupos terroristas definido pela figura equivalente ao Procurador Geral.

«Mais perigosos que o Saddam Hussein, mais esquivos que o Bin Laden. Eles são os vegetarianos, a grande ameaça terrorista do século XXI que nos quer obrigar a comer coisas verdes e saudáveis.»

via Boingboing.net e Citypages.com
publicado por brunomiguel às 23:24 | link do post | comentar