O comando é seu

À uns dias atrás, vários sites, entre eles os sites de alguns media mainstream, relataram um caso em que vários utilizadores do Microsoft Windows foram impossibilitados de gravar a série Gladiators, da NBC, devido a restrições impostas pelas duas empresas. Estas restrições são os sistemas DRM, algo que abunda no Windows Vista - este sistema está tão repleto de DRM que há quase um sistema DRM a cada Kb2.
algemas
Devido à atenção que este caso ganhou, a Microsoft pronunciou-se e disse que as restrições foram impostas em nome da NBC e que o Windows Media Center está de acordo com as directivas da FCC (Federal Communications Commission) que dizem que se pode impossibilitar os utilizadores de gravarem conteúdos multimédia.
O que aconteceu com estes utilizadores também pode acontecer com os clientes MEO e de outros sistemas semelhantes em Portugal. No caso do MEO, é utilizada tecnologia Microsoft, o que, para além de não me dar qualquer garantia de qualidade, aumenta as probabilidades de acontecer algo semelhante por cá.
Felizmente, há alternativas a isto. E são tão simples como andar ou respirar: usar software livre. Com o software livre, o comando é seu e não deles. Ninguém o controla através do software; você é que controla o software.
Não vou explicar detalhadamente o caso nem a forma de evitar que esta situação lhe aconteça. Vou antes indicar-lhe um artigo no blog do site BadVista.org, onde é relatada a situação e são apresentadas soluções para que defenda a sua liberdade.

Leia o artigo no Badvista.org.
Nota: a imagem, chap15, foi disponibilizada por Mark Coggins sob uma licença Creative Commons 2.0.

publicado por brunomiguel às 17:37 | link do post | comentar