Um assalto que acabou num abraço de grupo com o bandido

Ontem, no districto de Columbia, um grupo de amigos estava a jantar quando foi surpreendido por um assaltante. O assaltante apontou a arma a uma pita de 14 anos e ameaçou matar a miúda e todos os presentes se não lhe fosse dado todo o dinheiro. Ao ver e ouvir isto, ficaram todos inertes, com a excepção de dois: Cristina Rowan e Michael Radbu.
Cristina Rowan, com muita calma, ofereceu um copo de vinho ao assaltante, que bebeu um apenas um gole. O pai da miúda, Michael, disse-lhe para ele beber o copo todo e então Cristina, novamente, oferece a garrafa ao bandido. O assaltante aceitou e bebeu mais um pouco e petiscou um pouco de Camembert, depois de tirar a máscara e guardar a arma.
Estranho o suficiente? Não se preocupem, ainda vai ficar mais.
Depois de ter bebido mais um trago de vinho, o assaltante pediu desculpa e um abraço de grupo (sim, um abraço). Cristina foi a primeira a aceder ao pedido, seguida pelos outros membros do grupo que estava a jantar. Momentos depois, o "marjabante" foi-se embora com o copo de vinho na mão.
Depois dele se ter ido embora, sem roubar nem magoar ninguém, entraram todos em casa, fecharam tudo e ligaram para a polícia, que ainda não encontrou o suspeito.

{Fonte: Yahoo News}
publicado por brunomiguel às 19:56 | link do post | comentar