Mitter, um cliente para o Twitter

Até agora, ainda não tinha encontrado um cliente para o Twitter que realmente me agradasse. Já usei o gTwitter e o Twitux, mas estes dois ficam aquém das minhas expectativas.

Até que, à uns dias atrás, vi um post do Júlio Neto no Planeta GNU/Linux Brasil, onde ele falava do Mitter - um cliente para o Twitter escrito em Python. Este programa é leve e simples, e é o melhor cliente para o Twitter que utilizei em GNU/Linux. Ainda tem alguns bugs, mas isso é natural, já que o projecto é muito recente.
De momento, estou a utilizar a última versão disponível no repositório SVN, actualizada à minutos. Como não estou a conseguir aceder ao twitter, seja por que método for, não consegui verificar se a aplicação já memoriza o intervalo de actualização e se já não crasha ao fim de algumas actualizações do status. Se isto se mantiver, lá terei que fazer uns bug reports, para que corrijam os erros.

Apesar dos bugs, o Mitter é actualmente a minha segunda escolha para utilizar o Twitter. A primeira é e irá continuar a ser o Pidgin. Mas se o Mitter continuar com um bom ritmo de desenvolvimento, talvez venha a substituir o meu cliente de mensagens instantâneas.

tags:
publicado por brunomiguel às 01:29 | link do post | comentar