América em contagem decrescente para a autodestruição

Em Shelby, Memphis, quem for visto a tirar uma fotografia corre o risco de receber uma queixa na polícia por aparentar ser terrorista e ainda ser abordado pelo FBI para interrogatório. De acordo com o Xerife de Shelby, as pessoas devem contactar a polícia sempre que virem alguém suspeito a tirar fotografias, porque é bem capaz de já existir uma ou mais notificações dessa pessoa no FBI.
You may think a guy is just shooting pictures, but if you report it to us, we'll send it on to the FBI and they may have four or five other reports of the same thing
E não será de admirar se houver, porque isto vai fazer com que as pessoas que tiram fotografias durante as suas viagens acabem rotuladas como terroristas por qualquer anormal fanático com a mania do patriotismo, só por tirarem uma foto a um monumento da cidade.
E nem os grupos ambientalistas escapam à rotulagem de terroristas. Para eles, é tudo farinha do mesmo saco.
We will never do anything to interfere with anyone's First Amendment rights [...] But we do ask people to be on the lookout for that individual who comes into the group and talks a little bit radical.
Esta guerra psicológica, o medo que incutem às pessoas, esta caça às bruxas, vai fazer com que os Estados Unidos se autodestruam, e no processo destruam muita gente que não tem nada a ver com o fanatismo e fobias deles. Espero que Portugal não apanhe por tabela, e que ninguém se lembre de implementar algo semelhante por cá.

Memphisflyer.com, via Stallman.org
tags:
publicado por brunomiguel às 16:22 | link do post | comentar