Que motivos levam o Sr. Bill Gates a não gostar da GPL?

gnuAh, essa seria uma “one million dollar question”, não fosse a sua resposta tão óbvia. Na melhor das hipóteses, custará um cêntimo, isto se conseguirem enganar alguém; mas, se o fizerem, correm o risco de serem acusados de burla.
Da minha interpretação da GNU General Public License, como leigo que sou nestes assuntos legais, a GPL protege os direitos dos criadores de software e de quem participa no seu desenvolvimento, ao mesmo tempo que salvaguarda os direitos dos utilizadores. Ao proteger os direitos de quem desenvolve e utiliza o software, é uma ameaça à empresa do Sr. Bill Gates e a todas as empresas que desenvolvem software proprietário, que parecem ter o hábito de ignorarem total ou parcialmente os direitos e interesses dos utilizadores em nome do máximo lucro – julgam-se reis e senhores e pensam que as pessoas são obrigadas a gramar com o que eles querem. O resultado é o lançamento de produtos como o Windows Vista, ou Windows Millenium 2.0 I'm Spying You Edition.
Como a GPL é uma ameaça, e o Software Livre e o Open Source por arrasto, há que enganar as pessoas e dizer que a GPL é uma licença que impede as pessoas de melhorarem o software. Mas na GPL, actualmente na versão 3, diz que «The licenses for most software and other practical works are designed to take away your freedom to share and change the works. By contrast, the GNU General Public License is intended to guarantee your freedom to share and change all versions of a program--to make sure it remains free software for all its users.» Mais, «You may convey a work based on the Program, or the modifications to produce it from the Program, in the form of source code». Podem ler a licença completa em GNU.org e verificar que as afirmações do CEO da Microsoft são falaciosas.
Estas informações mostram duas coisas. A primeira é que a Microsoft está mesmo desanimada com os resultados menos bons apresentados e quer dar alguma confiança aos seus investidores. A segunda é o reconhecimento do Software Livre - software feito pelas pessoas, com as pessoas e para as pessoas - como uma ameaça ao seu negócio e como uma vantagem para os consumidores.

Estão de acordo comigo ou acham que eu estou errado? Façam ouvir a vossa opinião nos comentários.

Nota: a imagem deste post foi criada pela Nevrax Design Team e foi retirada do site GNU.org
publicado por brunomiguel às 18:20 | link do post | comentar