Brasil com 52 milhões novos utilizadores de Software Livre até 2009

O Brasil pode mais criminosos e maior criminalidade violenta, mas também é um país que sabe o que é bom: as bundas das babes, jazz electrónico, Software Livre.
Este último está em claro crescente no país do samba. O Ministério da Educação brasileiro vai migrar, até ao final deste ano, 29 mil laboratórios; até 2009, esse número deverá aumentar até aos 53 mil. Isto dá qualquer coisa como 52 milhões de novos utilizadores de Software Livre.
A migração consiste, entre outras coisas, na utilização de uma distribuição de GNU/Linux baseada em Debian e com o KDE 3.5.x como gestor de desktop. Mas também na utilização de software educacional livre, num portal, etc.
Para além disto, o Aaron Seigo, um dos colaboradores do KDE, menciona a utilização de GNU/Linux com KDE em 150 mil computadores Intel Classmate.

Em vez de parecer que está a ajudar a Microsoft a promover produtos, a DGIDC devia era por os olhos nestas iniciativas e depois invocar a famosa tradição portuguesa de fazer o mesmo que os outros fazem - seguir o exemplo brasileiro. Ou então olhar para o exemplo da província espanhola da Extremadura e chamar-lhe uma medida europeia.

via softwarelivre.sapo.pt
tags:
publicado por brunomiguel às 01:50 | link do post | comentar