Tanta coisa e acabei a formatar

O computador que me trouxeram, todo minado, já só sofre do Windows XP. Ao fim de várias horas a tentar evitar uma formatação, com restauros de sistema, entradas em modo de recuperação (ou lá como raio aquilo se chama) e tudo o resto, acabei por utilizar a boa velha formatação.
Comecei a formatação perto da meia-noite e meia. Às duas e quarenta, mais ou menos, tinha acabado a instalação do XP e já estava a instalar algumas aplicações. São três e nove, e ainda falta instalar um pacote de produtividade (possivelmente o OpenOffice - ainda tenho que falar com o dono do computador acerca disso), um cliente de mensagens instantâneas e mais umas quantas aplicações.
Já nem me lembrava o inferno que é instalar o Windows. Acho que me habituei mal a fazer uma instalação de 15 minutos e, no final, ter um sistema operativo com uma miríade de software já pronto a utilizar, como um cliente de mensagens instantâneas, um pacote de ferramentas de produtividade, um browser, um cliente de email, etc.
Bem, instalei várias aplicações livres no Xispe. Outras, por motivos de força maior e com muito desagrado da minha parte, tiveram que ser fechadas. Infelizmente, teve que ser assim; o dono deste computador está habituado e mexer em determinado software - faltam-lhe os conceitos, tem apenas o hábito.
Mas nem tudo é mau. Vou instalar o Edubuntu neste computador, assim que acabar este post, e isso, parece-me, vai facilitar o entendimento do conceito software livre e a preferência por este software.
Ainda estive a equacionar a possibilidade de instalar o DebianEdu neste computador. Mas após contacto com o Rui Azevedo, da associação Ensino Livre, decidi instalar a versão educacional do Ubuntu. Deixo o meu agradecimento ao Rui, mas também ao Pedro Ribeiro e ao José Rocha, também pelas suas sugestões.

Agora, de volta ao XP (estou-me a atrofiar todo com este interface. depois de experimentar Gnome e KDE, o Explorer parece-me um pouco feito em cima do joelho) para acabar de instalar mais algumas aplicações livres e depois Edubuntu all the way!
publicado por brunomiguel às 03:27 | link do post | comentar