Tecnonov: eu fui e já vim

Hoje, apesar de todas as contrariedades, consegui ir ao Tecnonov. O encontro foi porreiro e as apresentações que vi também.

O meu dia começou às 3 e tal da manhã. Acordei e não consegui voltar a adormecer. Por volta das 8h30m, tive que levar o meu irmão à urgência dos HUC (Hospitais da Universidade de Coimbra), onde estive até perto das 13h40m.
Cheguei a casa eram perto de 14h15m e, como me sentia exausto, estive mesmo mesmo para não ir. Mas lá acabei por reunir forças e rumar novamente a Coimbra.
Sai de casa por volta das 15h00m e cheguei ao local marcado por volta das 15h30m. Fui beber dois cafés, para ver se aguentava as quatro horas que restavam do Tecnonov, e entrei na FNAC.

Infelizmente, devido ao cansaço, decidi que só iria conversar com os - ou alguns - dos participantes e oradores no final. A cabeça doía-me tanto e o cansaço era de tal forma, que me vi à rasca para me conseguir concentrar durante as apresentações. Por causa disto, acabei por não falar com o Miguel Caetano, Alcides e Rui Seabra. Fica para a próxima.
No final, dois dedos de conversa rápida e toca a ir para casa que o jantar já está pronto e a cabeça a rebentar.

Curti o Tecnonov. Gostei dos temas e das apresentações. Tenho é pena não ter conseguido falar com algumas das pessoas que lá foram. Bem, mas já ter conseguido ir foi uma sorte.
Agora, vou ver se descanso, porque tenho a cabeça a rebentar.
publicado por brunomiguel às 21:52 | link do post | comentar