Está aberta a caça às bruxas: o projecto Dogwitch

pitbull terrierO nosso actual Executivo abriu uma autêntica casa às bruxas às raças de cães consideradas perigosas ou potencialmente perigosas. A importação, reprodução, criação e comercialização destes cães será proibida por um despacho que ainda está em fase de apreciação.

As raças que o governo quer proibir são sete: Fila brasileiro, Dogue argentino, Pitbull Terrier, Rottweiller, Staffordshire Terrie americano, Staffordshire Bull Terrier e Tosa Inu.

A justificação do Ministro da Agricultura, Jaime Silva, prende-se com os vários ataques que cães das raças acima mencionadas têm vindo a protagonizar e com o incumprimento da actual lei por parte dos donos de cães destas raças.

Por muitas justificações que o Ministro da Agricultura dê, ninguém me tira da ideia que isto é uma medida do Governo "para a fotografia", para tentar cair novamente nas graças dos portugueses. As recentes manifestações fizeram muita mossa e eles precisam de "lavar a cara".

Eu não tenho nenhum cão de uma das sete raças que o Executivo quer proibir; eu nem sequer tenho cães, e, muito sinceramente, não tenciono ter um nos próximos tempos. Mas também não tenho nada contra estes cães.

Os cães são o que os donos fazem deles. E se os donos não cumprem a lei, talvez fosse altura de começar a fiscalizar isso. Ainda para mais, os cães não têm culpa que os portugueses estejam contra as medidas implementadas pelo governo de José Sócrates e se manifestem contra elas; como tal, não deviam pagar por isso, nem servir de bode expiatório.

via Sic.pt
tags:
publicado por brunomiguel às 14:19 | link do post | comentar