Red Hat na lista das empresas mais prósperas da Forbes

Andam por aí muitas pessoas que pensam que é difícil ou impossível fazer dinheiro com software open source e que só o software proprietário é que dá lucros a sério. São opiniões, e todos tempos direito a elas.

Mas isso não é de todo verdade. E prova disso é a Red Hat, uma empresa que baseia o seu negócio em software open source, ter sido nomeada a décima primeira empresa com maior crescimento pela Forbes, graças a um crescimento de 41% desde à cinco anos a esta parte.

Isto não é nada mau, tendo em atenção que o Google, a Salesforce.com e a Ceradyne (primeiro, segundo e terceiro classificados, respectivamente) fazem parte desta lista da Forbes.

E não, a Microsoft não faz parte da lista. Tem sido um ano complicado para a empresa, muito por culpa do Vista (lamento, mas é verdade).

Lista da Forbes
Comunicado oficial da Red Hat
via blogs.cnet.com
publicado por brunomiguel às 03:29 | link do post | comentar