W.E. Phone: Diz Debian em Código Morse

Tenho uma pequena e fácil adivinha para vocês: o que se chama ao cruzamento entre o Debian GNU/Linux, a plataforma de Java do Android e as Google Apps, e que é capaz de dizer Debian em Código Morse?

A resposta é: W.E. Phone. Era fácil.

O W.E Phone é o telemóvel que está a ser desenvolvido pela empresa canadiana Koolu e que, tal como os restantes produtos desta empresa, é amigo do ambiente. A base do sistema deste gadget é o Debian GNU/Linux, onde assenta a plataforma de Java do Android. As ferramentas disponíveis são o Google Docs, Gmail, Google Calendar, Google Talk e Google Startpage.

As especificações de hardware deste telemóvel são muito generosas: o processador trabalha a 400MHz (uma versão a 700MHz poderá ser disponibilizada posteriormente); vem com 256MB de NAND flash, que poderá ser expandida até 8GB através de um cartão MicroSD; tem um touchscreen com uma resolução de 640x480; e suporta WiFi, Triband, Bluetooth, USB e GPS.

As especificações são bastante semelhantes ao OpenMoko, assim como a carcaça do telemóvel. Mas poderá haver uma diferença: este é bem capaz de vir realmente a ser comercializado, e já em meados deste ano.

O telemóvel ainda não está disponível, mas de acordo com a informação no site da Koolu, só deverá ser disponibilizado a utilizadores das Google Apps e o preço rondará os €272 ($400).

Tal como ao iPhone, não o considero nada de muito extraordinário - apesar deste, ao contrário do telemóvel da Apple, poder ser adaptado para uma miríade de funções, já que o seu código é aberto. No entanto, mais facilmente comprava o W.E. Phone que o iPhone, já que prezo muito a minha liberdade e não gosto de me submeter à vontade de uma empresa que não tem problema em restringir e fechar os seus utilizadores.

Website do W.E. Phone
via Linuxdevices.com
publicado por brunomiguel às 18:44 | link do post | comentar