Governo russo adopta software livre

Por vezes, os alunos têm mais a agradecer aos professores do que pensam.

É este o caso de todos os estudantes russos, que passarão a utilizar software livre graças a um professor que teve um litígio com a Microsoft por ter instalado uma cópia ilegal do Windows num dos computadores da escola onde leccionava.

O caso que opunha este professor russo, Alexander Ponosov, à Microsoft durou 5 anos. Durante este tempo, tomou enormes proporções, acabando por ir parar às mãos do governo russo. O resultado foi um decreto que ordena a mudança de software proprietário para software livre em todos os computadores dos organismos públicos russos.

O sistema operativo escolhido é uma versão personalizada do Ubuntu, mantida por uma empresa russa.

E por cá, Sr. Primeiro Ministro? Vamos continuar na cepa torta?

via Sapo Tek
publicado por brunomiguel às 22:13 | link do post | comentar