Já saiu a GPL3

GNUDepois de 18 meses de discussão e quatro rascunhos, a Free Software Foundation lançou oficialmente a versão 3 da GPL (GNU General Public License). Durante o tempo de discussão, a Free Software Foundation contou com muito apoio e muito desagrado vindos da comunidade que, juntamente com muito apoio legal da Software Freedom Law Center, fizeram a GPL3.
Dois dos pontos de maior destaque da GNU General Public License 3 são a impossibilidade de um distribuidor de software sob a GPL3 fazer acordos de protecção de patentes com empresas de software fechado (acordos tipo Microsoft/Novell) e a proibição de um dispositivo com software livre usar medidas para restringir ou não permitir modificações por parte do utilizador.
A GNU vai, para já, migrar 15 programas para a GPL3. O resto do seu portfolio vai adoptar a nova licença durante os próximos meses.
É com algum agrado que reporto o lançamento da GPL3, porque acredito no software livre e na filosofia adjacente, mas não de uma forma tão fervorosa como o Richard Stallman. Não tenho nada contra o software proprietário e até uso algum, por via da necessidade, mas acredito que a industria de software e os utilizadores só têm a ganhar com o software livre. Mas o lucro é que manda e por isso torna-se difícil estar 100% livre.
A licença final pode ser lida aqui.
tags: , , ,
publicado por brunomiguel às 20:55 | link do post | comentar