Falar ao telemóvel prejudica a produção de escarretas

Um grupo de investigadores israelitas descobriu que as radiações emitidas pelos telemóveis aumentam o risco de aparecimento de cancro nas glândulas salivares, prejudicando a produção da bela da escarreta.

Os resultados do estudo demonstram que as pessoas que falam mais de 22 horas por mês ao telemóvel têm mais 50% de probabilidades de contrair cancro nas glândulas salivares, e que esse risco aumenta se usarem sempre o mesmo lado da face para falar ao telemóvel ou se estiverem em zonas rurais.

A produção da escarreta, arte tão querida e tão bem dominada pelo macho latino, pode estar ameaçada, uma vez que este, para além de gostar de mandar umas boas escarretas verde-gosma, também gosta muito de falar ao telemóvel e de dar uma sova na mulher.

Fonte: ciberea.aeiou.pt
publicado por brunomiguel às 21:46 | link do post | comentar