Test-drive à primeira beta da Caixa Mágica 12

Hoje, finalmente, acabei o download da imagem da primeira beta da Caixa Mágica 12. Criei uma máquina virtual no VirtualBox, instalei a Caixa Mágica e fiquei bastante surpreendido, pela positiva. Esta distribuição tornou-se a mais séria candidata a ser instalada no computador do meu pai - mas só quando chegar à versão final.

A instalação da Caixa Mágica é extremamente simples, ou não fosse esta baseada na Mandriva 2008. Fora um pequeno problema que me obrigou a reiniciar a máquina virtual, a instalação correu sobre rodas. Esse problema ocorreu após ter seleccionado a opção para copiar todos os pacotes para o disco, quando tentei adicionar um novo media aos repositórios e depois retrocedi, o que originou um erro de montagem e que fez com que o instalador não saisse dali.

Durante a instalação dos pacotes para o disco, reparei na informação que aparece sobre a Caixa Mágica. Isso é porreiro, mas podiam ter, em vez de imagens, pequenos textos a explicar o que é o ContribWARE, etc. Isso possibilitaria uma maior aproximação do utilizador com o projecto, mesmo antes de começar a utilizar a Caixa Mágica.

Acabada a instalação, com o GNOME escolhido, reiniciei a máquina virtual e iniciei sessão. A primeira coisa que reparei, quando iniciei sessão, foi que o ícone da barra de menus não é o logo da Caixa Mágica ou sequer o logo do GNOME: é apenas um ícone de um terminal. Também reparei que o tema do GNOME é o mesmo da Mandriva e que algumas coisas ainda não estão traduzidas. Isso não é nada de grave, apenas quer dizer que o staff da Caixa Mágica deve estar mais focado, nesta fase, no código e menos no interface.

A selecção de aplicações incluídas é grande e bastante boa: há leitores multimédia, ferramentas de produtividade, dicionários, editores de imagem, browsers, clientes de mensagens instantâneas, etc. Em suma, tudo um que um utilizador de desktop precisa para realizar as suas tarefas.

Se alguém ainda pensa que o software em Portugal deixa muito a desejar e que o que vem de fora é que é bom, então ainda não experimentaram a Caixa Mágica. Esta distribuição é excelente para qualquer desktop; quase que arriscaria dizer que é ideal para a maioria dos utilizadores portugueses.

publicado por brunomiguel às 22:41 | link do post | comentar