Test-drive à TrueBSD 2.0RC1

Hoje estive a experimentar a TrueBSD 2.0RC1. Finalmente consegui montar o sistema, para poder arrancar pelo CD e já estive a dar uma vista de olhos ao GNOME, mas ainda tenho KDE e XFCE para ver - para não falar dos outros window managers.

A primeira coisa em que reparei foi na possibilidade de escolher o tema do ecrã de login no próprio ecrã de login, mesmo antes de iniciar a sessão num ambiente gráfico. Depois, o que me chamou a atenção foi a quantidade de software incluído: browsers, clientes de email e mensagens instantâneas, aplicações de produtividade, leitores multimédia, etc. O que não falta é aplicações, acreditem.

A minha primeira e única tentativa para instalar a TrueBSD não correu bem, apesar de ser um processo algo semelhante à instalação do Ubuntu: iniciamos uma sessão live e temos, no desktop, um ícone para correr o instalador. Talvez por ter definido pouca memória para a máquina virtual, talvez por causa das aplicações que tinha abertas no Debian GNU/Linux ou talvez por ter feito porcaria, chegava à parte de desmontar os discos e não saia dali. Mas isso não é nada demais; amanhã já corro a máquina virtual com mais memória e mais paciência. O que me interessava fazer, já fiz: correr o sistema e tirar uns screeshots, que poderão ver no final do post.

Quando a TrueBSD chegar à versão final, sou capaz de lhe dar uma vista de olhos demorada, para ver como aquilo funciona e, especialmente, para ver como funciona o sistema de ports.

Screenshot 1
Screenshot 2
Screenshot 3
Screenshot 4
tags:
publicado por brunomiguel às 20:54 | link do post