Quando o DRM é usado, os retalhistas é que sofrem

A associação inglesa de retalhistas ligados à área de entretenimento, a Entertainment Retailers Association (ERA), quer que as editoras acabem com o DRM nas músicas vendidas online porque, afirmam eles, as vendas estão a sofrer com o uso destes sistemas. (Quem diria...)

De acordo com o responsável por esta associação, só no último quarto deste ano, as vendas diminuiram cerca de 40%. Esta associação e os consumidores culpam os (malévolos) sistemas DRM que, dizem eles, tornam as redes P2P mais atraentes para os consumidores. (A sério?!)

O facto dos sistemas DRM restringirem o uso dos conteúdos multimédia adquiridos e a incompatibilidade entre os vários sistemas são, para o responsável da ERA, os grandes culpados da crescente quebra de vendas. (Oh, nunca pensei que tal fosse possível)

Infelizmente para os consumidores, retalhistas e até para as próprias editoras, os sistemas DRM ainda estão para durar mais uns tempos.

Fonte: Ars Technica && Financial Times, via Webtuga
tags:
publicado por brunomiguel às 19:07 | link do post | comentar