Morte musical

Quem disse que o encontro com a morte não tem que ser algo assustador? A morte pode e deve ser musical, cheia de alegria e humor. Se lhe metessem uns dançarinos mascarados de gatos, tínhamos mais um musical do Andrew Lloyd Webber.



{Fonte: The Mental Floss}
tags:
publicado por brunomiguel às 15:18 | link do post | comentar