SCO processada na Alemanha por mentir sobre o Linux usar código do Unix

Por incrível que pareça, a sucursal da SCO na Alemanha foi acusada de mentir sobre o facto do Linux usar propriedade intelectual do Unix. Isto, de acordo com um artigo do Linux-Watch, já vem de 2003, ano em que a SCO alemã foi proibida de dizer que o Linux violava qualquer tipo de propriedade intelectual do Unix e lhe foi definida um valor a pagar, caso não respeitasse a decisão do tribunal.

Nos Estados Unidos, infelizmente, isto arrasta-se como se uma lesma fosse. E, pelo "andar" da coisa, ainda vai durar mais um ano ou dois.
publicado por brunomiguel às 16:30 | link do post | comentar