Governo nigeriano não troca Mandriva por Windows

Parece que afinal o governo nigeriano sempre vai usar a distribuição de GNU/Linux europeia, Mandriva, nos 17 mil Classmates e não Windows, apesar da Microsoft ter publicitado o contrário. Boas notícias para este projecto e para o próprio governo nigeriano.

Ao que parece, a decisão de mudar de sistema não foi do governo nigeriano, mas da empresa que está a ajudar o governo deste país a distribuir os portáteis e a dar formação, a Technology Support Center (TSC). Alegadamente, a TSC teria chegado a um entendimento com a Microsoft para instalar o Windows XP e Microsoft Office nos recém-chegados Classmate e publicitar esse facto durante três meses, a troco de 400 mil dólares.

Mesmo que não seja ilegal na Nigéria, é moralmente condenável e mais uma prova do que esta empresa realmente vale. E os comentários do representante da Microsoft na Nigéria ainda são bem mais condenáveis...
Microsoft is not a helicopter dropping relief materials; we're there in the field.

Estão no campo a fazer o quê? Pagar para instalarem o vosso software, tal é a qualidade dele?!

{Fontes: Bitate && ZDNet && Engadget && Infoworld}
tags:
publicado por brunomiguel às 16:26 | link do post | comentar